Personalize Suas Preferência!

Escolhe a cidade que você deseja como página padrão do site. Você pode mudar a qualquer momento suas preferência.

buscar
 

  • Região:Cianorte Prefeitura em Ação     08-04-2019

Trecho de aproximadamente 1 km vai da Rodovia José da Silva (via de acesso a Vidigal) ao início da Estrada Pala (Venda Santo Antoninho)

A Estrada Rodeio, também conhecida como antiga Estrada para São Tomé, em breve, obterá melhores condições para a circulação de veículos. Isto porque, a Prefeitura de Cianorte, por meio da Secretaria de Serviços Públicos, iniciou, nesta semana, as obras de limpeza da via para que seja asfaltada. O trecho atendido possui, aproximadamente, 1 km e liga a Rodovia José da Silva (via de acesso à Vidigal) à Estrada Pala (Venda Santo Antoninho). A via rural é uma das mais movimentadas do município e dá acesso a dezenas de carreadouros.

“Nessa etapa inicial, realizamos a limpeza e reestruturação das caixas de contenção que margeiam a estrada e efetuamos a retirada de todo o cascalho para permitir a compactação adequada do asfalto futuramente”, explica o secretário de Serviços Públicos, Allan Marchini. “Assim que essa primeira fase for concluída, começam os preparativos para a pavimentação, que será executada através do Consórcio Público Intermunicipal de Inovação e Desenvolvimento do Estado do Paraná, o Cindepar, que nos garante a redução dos valores com insumos e serviços em até 70%”, completa.

“Essa benfeitoria é uma reivindicação antiga dos moradores na região, a maioria em chácaras. Eles relatam que, ao precisar se deslocar para a cidade a trabalho ou para resolver outros assuntos, enfrentam dificuldades, como muita poeira no tempo seco e o barro em dias de chuva”, conta o prefeito Bongiorno, ao argumentar que pavimentar foi a solução encontrada. “Nessa etapa inicial, iremos atender o trecho que vai até a Venda Santo Antoninho, porém ainda durante a nossa gestão, pretendemos chegar até a Venda Rodeio”, relata. 

O revestimento que será implantado na via, a exemplo das outras estradas rurais pavimentadas do município, é mais simples que o convencionalmente realizado na zona urbana, contando com terraplenagem, base, capa asfáltica e finalização viária. “Como se trata de uma estrada rural, que possui outros métodos para a drenagem da água, que são as caixas de contenção, ela não requer as obras complementares convencionais”, explica o secretário de Desenvolvimento Urbano, Nelson Magron Junior. O investimento na estrada se aproxima dos R$ 300 mil.


Compartilhe com os amigos!

Deixe seu comentário