Personalize Suas Preferência!

Escolhe a cidade que você deseja como página padrão do site. Você pode mudar a qualquer momento suas preferência.

buscar
 

  • Região:Umuarama Noroeste     02-08-2017

 

Aproximadamente 200 caminhões estão parados nas margens da rodovia PR-323, no trecho urbano de Umuarama, no trevo do parque de exposições. Eles acompanham a mobilização nacional, que reivindica a redução dos preços dos combustíveis, mais especificamente do diesel, e aumento dos valores de frete.

 

Apesar do bloqueio, carros baixos e caminhões com carga viva e perecível estão sendo liberados. Até o momento a paralisação segue pacífica e todos os caminhoneiros estão aderindo por vontade própria.

 

Um caminhoneiro, que pediu para não se identificar, informou ao site  OBemdito que hoje o combustível corresponde a 53% do valor do frete. “O frete não foi reajustado para acompanhar o aumento do diesel. Além disso, temos muitas outras despesas, que hoje estão inviabilizando o transporte de cargas no Brasil. Sobra para o motorista cerca de 10% ou menos do valor recebido”, ressaltou.

 

Ele trabalha neste setor há 40 anos e aprendeu a profissão com o pai. Já atuou como caminhoneiro e atualmente possui caminhões para frete. “Tinha seis caminhões, já vendi quatro e estou vendendo os outros dois. O transporte nunca esteve tão ruim”, afirma.

A Polícia Rodoviária Estadual de Cruzeiro do Oeste e a Polícia Militar de Umuarama estiveram no ponto de bloqueio para acompanhar a manifestação.

 

.

.

.

.

.

 

Com Informações do site  http://www.obemdito.com.br


Compartilhe com os amigos!

Deixe seu comentário