Personalize Suas Preferência!

Escolhe a cidade que você deseja como página padrão do site. Você pode mudar a qualquer momento suas preferência.

buscar
 

  • Região:Cianorte Cianorte     23-06-2017

Cerimônia que reuniu novos e experientes talentos foi marcada pela emoção

           

            O reconhecimento prestado aos escritores de Cianorte e região por suas contribuições à literatura deu início à solenidade de premiação do VI Concurso Municipal de Poesias que, realizada na noite da última quarta-feira (21), reuniu um público expressivo no auditório da Escola Técnica. A cerimônia integra a programação da 2ª Festa Literária de Cianorte (FLICIA) e teve como objetivo incentivar novos talentos, bem como valorizar os que já possuem experiência e enobrecem a região.

Assim, foram homenageados, com uma lembrança da 2ª FLICIA três escritores locais, sendo eles os cianortenses Israel Elias dos Santos, Marco Antonio de Paula Franco e Richard Mitchel Ferreira Prieto.

            Posteriormente, houve a premiação dos vencedores do VI Concurso Municipal de Poesias. O certame contou com as produções de 27 alunos dos 4º e 5º anos da rede municipal de ensino e teve como tema ‘Diversidade’. Todos os concorrentes, assim como os professores orientadores, receberam uma medalha de participação. Já os três primeiros colocados foram contemplados com troféu e tablet.

O primeiro lugar ficou com Tamires Cruz dos Santos, da Escola Jorge Moreira que, emocionada, declamou sua obra intitulada “Chega de Preconceito”. Em segundo, Luana Salustiano de Almeida, da Escola Lídia Usuy Ohi. E o terceiro lugar ficou com Bianca Barbosa da Silva, aluna da Escola Gonçalo Moreno Gutierres.

            O prefeito Bongiorno, acompanhado pela primeira dama e presidente de honra do Provopar, Fátima, parabenizou a todos. “Ter o trabalho reconhecido representa muito na vida de uma pessoa. Tenho certeza de que esta noite ficará para sempre na memória, tanto dos alunos quanto dos escritores que aqui estão. Cianorte tem orgulho de contar com pessoas como vocês”, afirmou.

 

           

A secretária municipal de Educação e Cultura, Maria Neuza Casassa, expressou gratidão. “Agradecer é lembrar com o coração. Assim, agradecemos a cada um que, direta ou indiretamente, contribuiu para que este evento se tornasse possível”, salientou. Já a chefe da Divisão de Cultura, Silvana Camargo, destacou a importância do Concurso de Poesias e da FLICIA como um todo. “Despertar a sensibilidade para a leitura e democratizar ainda mais o acesso aos livros. Estes são os nossos objetivos e, com muito trabalho e dedicação, estamos conseguindo alcançar. Obrigada a todos”, concluiu.

            Também participaram da solenidade, o assessor do deputado estadual Jonas Guimarães, Buguê; a diretora da Secretaria de Educação e Cultura, Zilda de Assis; a assessora educacional do Ensino Fundamental, Eliane Lopes; a assessora educacional da educação infantil, Valquíria Charles; diretoras de escolas e Centros Municipais de Educação Infantil; bem como assessoras e chefes de divisões municipais.

 

TROCAS DE IDEIAS

            Ainda na mesma noite, o público teve a oportunidade de participar de um bate-papo a respeito dos desafios, experiências e dificuldades da profissão de escritor entre criação e o mercado com Zulmira Figueiroa e Franciele Macedo e participação especial de Rogério Pereira, diretor da Biblioteca Pública do Paraná. Ainda, houve mesa redonda com Patrícia Maia que abordou as “Formas de Contação de Histórias”. 

 

PROGRAMAÇÃO

A 2ª Festa Literária de Cianorte (FLICIA), que acontece na Escola Técnica, termina nesta sexta-feira (23). Neste último dia de evento, durante o horário de funcionamento ao público - das 8h às 11h, 14h às 17h e 19h às 22h – estão previstas exposições de trabalhos pedagógicos das instituições de ensino do município e venda de materiais literários por empresas, livrarias e editoras. Acontecerão pela manhã, tarde e noite contações de histórias, bem como recepções artísticas realizadas pelo Espaço Sou Arte.

Durante a noite, às 19h30, será realizada a mesa-redonda com a escritora Railda Masson, que em seguida, às 20h30, lança seus livros “Cartas de Evita que Perón não leu” e “Anita.G.com”, no stand do escritor. Das 21h às 22h acontecem, novamente, os relatos de experiências pedagógicas, científicas e literárias, em sete espaços. 

 


Compartilhe com os amigos!

Deixe seu comentário