Personalize Suas Preferência!

Escolhe a cidade que você deseja como página padrão do site. Você pode mudar a qualquer momento suas preferência.

buscar
 

  •   João Polippo
  • Região:Cianorte Cianorte     23-11-2016

Curso gratuito foi ofertado com o apoio da Secretaria Municipal de Agricultura

 

            Em busca de melhor eficiência no sistema de cultivo, aumento da diversificação e competitividade dos produtos, redução de riscos e dos custos com a produção, 13 olericultores de Cianorte e região participaram de um curso gratuito sobre a plasticultura, ou seja, o cultivo em ambiente protegido. A capacitação foi ofertada pelo SENAR, por meio do Sindicato Rural de Cianorte e com o apoio da Secretaria Municipal de Agricultura, com carga horária de 40 horas, cumpridas nos dias 10, 11, 12, 16 e 17 de novembro, com aulas teóricas e práticas.

 

“O conteúdo programático envolveu definições de cultivo protegido, tipos de estruturas, aspectos gerais da construção de estufas, local de instalação, modelos de estufas agrícolas, materiais utilizados para cobertura, sistemas de irrigação, produção de mudas, sistemas de cultivo de plantas, cultivo no solo e hidropônico, controle fitossanitário, tipos e funções dos filmes plásticos, das telas ou malhas agrícolas e do mulching; além das principais hortaliças cultivadas em estufa, como alface, tomate e pimentão”, informou o mobilizador de cursos do SENAR, Rodrigo Sarmento.

 

            “O interessante é que a maioria dos olericultores que participou do curso ainda não produz em estufa e obteve conhecimentos com o objetivo de implantar a estrutura, que tem várias funções diferentes, como proteção dos raios ultravioletas, é antigotas, tem menor acúmulo de poeira, abaixa a temperatura e cria o efeito de fotoconversão, que é a mudança da luz que penetra a estufa. Tudo isso permite que o cultivo não dependa tanto de fatores climáticos, como os períodos chuvosos e de frio, que dificultam a produção”, destacou o técnico agrícola da Prefeitura, Emanuel Sordi, que acompanhou a realização das atividades.

 

O curso faz parte do Hortimais, um programa que oferece qualificação aos olericultores e é composto por 13 módulos, todos gratuitos. Além da plasticultura, Cianorte já recebeu a capacitação sobre pragas e inimigos naturais e, atualmente, conta com o de forragicultura em andamento. “O Hortimais é uma ótima oportunidade de atualização de conhecimentos para uma produção de melhor qualidade, com maior produtividade e menor custo. Por isso, a Prefeitura apoia sua realização”, afirmou o secretário municipal de Agricultura, Waldiley Domingos.

 


Compartilhe com os amigos!

Deixe seu comentário