Personalize Suas Preferência!

Escolhe a cidade que você deseja como página padrão do site. Você pode mudar a qualquer momento suas preferência.

buscar
 

  • Região:Cianorte Noroeste     14-09-2018

 

Da ✅SubCmdoGeral-BPAmb.FV ✅3aCia Amb-4o Pel
✳Na presente data policiais militares ambientais pertencentes ao Pelotão  de Cianorte deslocaram em uma propriedade  rural no município de Tuneiras do Oeste afim de averiguar uma possível situação de maus tratos contra bovinos constatada após sobrevoo com uso de drone pelo analista ambiental da reserva biológica das perobas Antônio Guilherme Cândido da Silva.


✳No local foi constatado que um produtor rural explorava uma propriedade rural de 8 alqueires com pastagem para bovinos de produção de leite, porém este não se precavel para o período de inverno e seca, ocorrendo a mortandade de 12 animais, dentre eles bezerros recém nascidos. Três vacas foram arrastadas até a margem do curso da água e se encontravam em decomposição, contaminando o curso d'água abaixo .
✳Os animais que se encontram vivos ainda demonstram total magreza, fracos e debilitados, porém, mesmo assim, o proprietário insistia em  ordenhar as vacas naquela situação (algumas mal se mantinham de pé)
✳Para agravar ainda mais a situação, nos fundos da propriedade foi localizado dois grandes olhos d'água, e seu consequente curso d'água, totalmente sem isolamento com acesso livre dos animais na área considerada de preservação permanente, desta forma impedindo e dificultando a regeneração da Mata ciliar e ainda, a propriedade está com péssima conservação de solo, por falta de curvas de nível, com isto está ocorrendo carreamento de solo pelas águas pluviais, por consequência assoreando as nascentes e seu curso d'água.

 


 

✳Diante das irregularidades encontradas, o proprietário foi conduzido até o DPM de Tuneirasdo Oeste, onde foi confeccionadotermo circunstanciadode infração penal em desfavor do mesmo, concomitamente será remetido ofício para o Instituto ambiental do Paraná solicitando providências no âmbito administrativo (imposição de multa), cujo o  valor é de R$ 500,00 por animal em situação de maus tratos e de R$ 5.000,00 por hectare de área degrada dentro de área considerada de preservaçãopermanente, também será remetido ofício para a ADAPAR solicitandoprovidências de âmbito administrativo pela má conservação de solo;
✅Resultadosobtidos;
✳Encaminhamento de um homem adulto para lavratura de termo circunstanciado;
✅Remessa de ofício para o Instituto ambiental doParaná solicitando providências de âmbito administrativo, através da  imposicao de multa;
✅Encaminhamento de ofício para ADAPAR solicitando providências de âmbito administrativo referente a má conservaçãode solo.


Compartilhe com os amigos!

Deixe seu comentário