Personalize Suas Preferência!

Escolhe a cidade que você deseja como página padrão do site. Você pode mudar a qualquer momento suas preferência.

buscar
 

  • Região:São Tomé Noroeste     05-04-2017

 

A partir deste mês, os produtores de São Tomé cadastrados no Programa de Aquisição de Alimentos (Compra direta), receberão por meio de cartão magnético exclusivo do sistema, gerido pelo Banco do Brasil, os recursos financeiros depositados diretamente pelo governo federal na conta do produtor.

 

Os novos cartões magnéticos permitirão que o produtor saque o dinheiro em qualquer terminal eletrônico do Banco do Brasil. A entrega dos cartões foi na noite de ontem (04) no departamento de assistência do município. Nesta etapa 22 produtores de São Tomé, receberam cartões que começam a valer após validação e criação de senha na agencia do banco do Brasil.

 

 

A função exclusiva da conta será para o pagamento dos produtos vendidos no programa, que serão feitos assim que a Secretaria do município emitir  a nota fiscal referente a entrega dos produtos nos departamentos do município.

 

Hoje o valor de compra permitido para cada produtor é de R$ 3.386,88   com previsão de aumento de valor  para o próximo ano.

O principal objetivo do programa é garantir o acesso aos alimentos em quantidade, qualidade e regularidade necessárias e ainda promover a inclusão social no campo por meio do fortalecimento da agricultura familiar.

 

 

“ O agricultor é uma classe que movimenta o pais, hoje o agro negocio é que aguenta o que esta acontecendo ai no nosso pais, você podem ter certeza disso.  Não são as grandes industrias não, é o agro negocio que aguenta sustentar esse pais ainda de pé,  vocês são responsáveis por isso, porque a agricultura famílias e  que leva o alimento a mesa de cada um de nós, são  vocês responsáveis por isso, então vocês vejam a importância de vocês agricultores, vocês  são responsáveis por isso, e tão pouco  reconhecidos, principalmente pela nossa classe... agradeço a presença de cada um de vocês  e peço desculpa a todos porque demorei um pouco para soltar a maquinas na recuperação da estradas, pois precisava fazer manutenção e ainda não estão da maneira que a gente quer que funcione ...peço a vocês que vejam as coisa que não ta funcionando dentro do departamento da agricultura, que nos avise o que esta acontecendo. Eu já conversei com Edvaldo e o nosso trabalho  vai ser do menor produtor para o maior produtor, atendendo a cada um em sua prioridade.....Vamos incentivar o cultivo de produtos que estão se destacando no município, como é o caso do moranguinho  e de outras culturas”. Finalizou Ocelio.

 

 

Para o vice-prefeito Castelo, a várias culturas a serem desenvolvidas no município, que uma delas seria a plantação de flores, “Em relação ao plantio de flores, estamos atrasados no mínimo 7 anos. Cianorte já  esta com associação pronta e funcionando a muito tempo. Basta vocês  se sintonizar e fazer acontecer. A feira do produtor hoje, tem duas ou três barracas, precisamos rever isso, a vários cursos que vão iniciar nos próximos dias, que vai ajudar a desenvolver coisas que vocês mesmos tem na suas propriedades.  Essa  é a visão que eu tenho, se a gente se organizar melhor. Por isso eu peso que Vocês nos usem, nos procure, lá no futuro vamos dizer nossa estamos bem, mas para isso não podemos ficar sem ação neste momento, nós temos o potencial e vocês sabem disso.” Disse Castelo.

O programa compra direta em São Tomé, estava parado no município havia dois anos,  agora esta sendo retomado pela gestão do prefeito atual.


Compartilhe com os amigos!

Deixe seu comentário