Personalize Suas Preferência!

Escolhe a cidade que você deseja como página padrão do site. Você pode mudar a qualquer momento suas preferência.

 
  • Região:Rondon Paraná     03-02-2018

 

 

O delegado José Barreto, do Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes (Nucria), da Polícia Civil do Paraná, informou que a mulher que deixou a filha de cinco anos na rua, em situação revelada após a gravação de um vídeo, deve se apresentar nesta sexta-feira (2) para prestar depoimento.

 

A informação foi repassada pelo advogado da mãe da vítima, que também deve ir até a sede do Nucria para conversar com a equipe de psicólogos no núcleo.  “A criança está com a mãe e ela também será ouvida sobre tudo o que aconteceu”, salientou o advogado.

 

Segundo Barreto, foi instaurado um inquérito para apurar o caso, mas a mãe deve ser indiciada pelos crimes de abandono de incapaz e maus-tratos, o que pode resultar na perda da guarda da criança.

 

Os pais da menina são separados e disputam na Justiça a guarda dela. “O pai foi contatado pelo Nucria, já esteve aqui e prestou depoimento. Ele pediu uma medida protetiva e sinalizou que vai pedir a guarda da criança. A partir do momento que o fato foi constatado, ele deve ser levado em consideração pela Vara da Família, que vai analisar tudo relacionado à guarda da criança”, esclareceu o delegado.

 

Atualização

“Pelo vídeo, a gente vê que a criança passa em frente ao carro, e mesmo assim a mãe freia e acelera. É notório que a criança foi exposta ao perigo, configurando maus-tratos, ao meu ver. Conseguimos imagens de outra casa da região e também conversamos com uma testemunha ocular”, contou o delegado. “A criança vê um indivíduo e vai até ele pedir socorro. A mãe, vendo que a criança está conversando com esse indivíduo, resolve frear e voltar para pegar a criança. Ao meu ver, ela já teria abandonou a criança no local, tanto que poderia ter ocorrido algum fato que feriria de concreto a menina”, declarou Barreto.

Ele salientou que a mãe não poderia argumentar que não percebeu que a criança estava fora do carro, pois ela grita o tempo todo, aos prontos. “Tanto que alguém saiu de casa, viu a situação e filmou. E a imagem mostra a criança passando em frente ao carro, e a mãe freia e acelera. Como a mãe não teria visto, se a menina passada em frente ao carro?”, questiona.

O delegado afirmou que a pessoa que filmou tudo foi identificada e intimada para comparecer no Nucria para prestar depoimento.


Compartilhe com os amigos!

Deixe seu comentário

Site comptivel com despositivos mveis, feito com design responsivo desenvolvimento marrura.com wquero.com

devices_responsivo